Ultrassom Convencional

Confira:

Ultrassom Convencional

O ensaio por Ultrassom consiste em um método não destrutivo de detecção de falhas internas nos materiais, através da emissão de ondas sonoras de alta frequência, que são geradas através da vibração dos cristais existentes dentro dos transdutores - também conhecidos como cabeçotes, e transformadas em sinais elétricos que podem ser vistos na tela do aparelho.

Esta técnica é amplamente utilizada na inspeção de chapas, materiais laminados, fundidos e forjados, tubos, soldas, entre outros. Possui uma grande variedade de transdutores, capazes de emitir sons em frequências diferenciadas, o que aumenta a capacidade de ensaio em peças de grandes espessuras.

O Ultrassom é o método de END que mais apresenta novas tecnologias sendo desenvolvidas, contribuindo para um aumento significativo da confiabilidade do ensaio e na possibilidade de novas aplicações da técnica.

Vantagens em relação a outros métodos:

  • Detecção de defeitos internos nos materiais;
  • Alto poder de penetração, permitindo a análise de grandes espessuras;
  • Permite o dimensionamento e localização exatos do defeito, incluindo a profundidade;
  • Apresenta alto grau de sensibilidade, possibilitando a detecção de pequenas descontinuidades;
  • Pode ser realizado sem o isolamento da área;
  • Laudo imediato;
  • Portátil, com equipamentos pequenos e leves, pode ser utilizada em diversas situações.